Ale Silva/Estadão
Ale Silva/Estadão

Róger Guedes explode com o gol: 'Objetivo do Corinthians é vaga na Libertadores'

Entusiasmado, o atacante, que anotou pela quinta vez em 11 partidas pelo time alvinegro, ratificou a missão da equipe neste Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2021 | 00h24

Apesar da atuação pouco inspirada, Róger Guedes deixou o campo da Neo Química Arena como o herói dos 40 mil corintianos pelo gol marcado aos 52 minutos da etapa final no último lance da partida diante da Chapecoense. Entusiasmado, o atacante, que anotou pela quinta vez em 11 partidas pelo time alvinegro, ratificou a missão da equipe neste Brasileirão.

"Entramos de cabeça tranquila, fizemos um excelente jogo contra o Internacional, foi um pecado ter saído com o empate. Entramos com o objetivo de ganhar a partida hoje, principalmente os três pontos, que é o mais importante para subir na tabela. Estamos lá em cima para brigar pelo nosso objetivo, que é a Libertadores", disse o atacante, referindo-se também ao empate de domingo, em Porto Alegre.

Róger Guedes destacou a atuação do goleiro Keiller, autor de pelo menos cinco belas defesas durante a partida. "A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é muito louco, né. Você ganha e está perto do G4, perde e está perto do Z-4. O importante é ganhar, era um pecado sair com o empate. O goleiro deles (Keiller) fez grandes defesas, teve o mérito dele, mas consegui fazer o gol no finalzinho."

O camisa 123 destacou mais uma vez a presença e o apoio da torcida, que não desistiu do time até o último lance. "Agradecer a Deus por me abençoar pelo gol da vitória. A gente merecia esse resultado, do começo ao fim, com a casa cheia. Agradecer o torcedor pela presença hoje."

O Corinthians volta a campo no sábado, às 17h, mais uma vez em Itaquera, quando terá um confronto direto pela vaga para a Libertadores. O adversário é o Fortaleza, quinto colocado, dono de 48 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.