Roger lamenta queda de rendimento inaceitável do Grêmio em derrota de virada

O técnico Roger Machado exibiu frustração com a derrota do Grêmio para a Chapecoense por 3 a 2, no último domingo, em casa, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador reconheceu que o time apresentou impressionante queda de rendimento no segundo tempo, quando levou a virada após abrir 2 a 0 com uma atuação consistente na etapa inicial.

Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2015 | 09h46

"Abrimos o placar, conseguimos o segundo gol, mas fizemos um segundo tempo abaixo do nível habitual. O adversário cresceu e conseguiu a virada no último minuto com um jogador a menos", disse Roger, que viu o seu time ter a derrota sacramentada com um gol sofrido aos 50 minutos do segundo tempo.

Apesar de afirmar que ainda precisa avaliar as razões que provocaram o tropeço gremista, Roger destacou que é inaceitável apresentar tal queda de rendimento em uma mesma partida. "Preciso entender os porquês, mas não podemos ter dois tempos tão distintos como tivemos hoje", comentou.

Superado, o Grêmio é o terceiro colocado no Brasileirão com 55 pontos. O time volta a jogar no próximo domingo, no Maracanã, diante do Vasco, em partida válida pela 32ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.