Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Roger Machado aposta em sucesso de Lucas Lima: 'Está motivado demais'

Técnico do Palmeiras elogia atuação do meia e garante que jogador vai vencer a desconfiança sobre adaptação ao clube

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

19 Janeiro 2018 | 07h00

O técnico Roger Machado, do Palmeiras, dedicou parte da entrevista coletiva nesta quinta-feira para falar de Lucas Lima. Após o jogador ter estreado com gol e assistência pelo time na vitória por 3 a 1 sobre o Santo André, pelo Campeonato Paulista, o treinador disse que o meia pode fazer muito mais pelo clube, por ter chamado a atenção na pré-temporada pela motivação e empenho.

+ Mattos nega negociação do Palmeiras por Geromel

+ Lucas Lima prevê evolução dentro do time

Lucas Lima chegou ao Palmeiras após o contrato com o Santos terminar de forma melancólica. As propostas de renovação não evoluíram e já perto do fim do Campeonato Brasileiro de 2017, o meia passou a ficar fora das partidas do clube. Antes disso, as atuações também não eram boas e, com isso, o jogador perdeu espaço também nas convocações para a seleção brasileira.

Na chegada ao Palmeiras o reforço, que assinou vínculo por cinco anos, demonstrou bastante determinação em voltar a jogar com regularidade e em alto nível. "Ele está muito motivado desde o primeiro dia. Está bem adaptado à nova casa. Se havia essa desconfiança sobre o Lucas Lima, ele dissipou logo na chegada, porque se mostrou muito atento e empenhado em fazer um bom ano", comentou o treinador do time.

Roger afirmou ter o plano de contar com Lucas Lima como um dos líderes do time. "Queremos elevar o nível do seu jogo para ver se conseguimos com o tempo tê-lo como uma das referências técnicas do Palmeiras. Vejo o Lucas Lima muito dedicado", disse o treinador, que desde os primeiros treinos escalou o meia como titular da equipe.

Na estreia na temporada, no Allianz Parque, Lucas Lima recebeu elogios do treinador por ter se movimentado bastante e, inclusive, ajudado na marcação. O meia ajudou a fechar os espaços pelo lado esquerdo, junto com Tchê Tchê, e se apresentou ao ataque para marcar o segundo gol da vitória e dar o passe para o terceiro, concluído por Keno, já nos minutos finais.

O treinador procurou conversar com o meia durante a pré-temporada para ver como evoluía a adaptação. Roger destacou que pelo postura em campo e pela atuação, Lucas Lima vai conseguir em pouco tempo diminuir a possível desconfiança da torcida sobre a sua dedicação e ambientação no novo clube por ter vindo de um rival.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Lucas Lima Roger Machado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.