Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Roger Machado elogia Palmeiras por demonstrar recuperação emocional

Técnico do time gosta de atuação em empate com Boca Juniors por time não se mostra abalado com vice no Estadual

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2018 | 07h00

O empate com o Boca Juniors em 1 a 1 com gol sofrido nos acréscimos não desanimou tanto o técnico do Palmeiras, Roger Machado. Depois do jogo no Allianz Parque, pela Copa Libertadores, nesta quarta-feira, o treinador disse ter gostado da atuação do time principalmente por ter demonstrado reação psicológica depois da dura derrota na final do Campeonato Paulista, domingo, diante do Corinthians.

+ Keno lamenta empate: 'Temos de levantar a cabeça'

+ Palmeiras desafia FPF: 'Existe coragem para buscar a verdade?'

"Era um jogo difícil não só pelo adversário, mas por ter vindo da decisão, da frustração. Era um jogo para se recuperar emocionalmente e por causa disso, estou satisfeito", disse Roger em entrevista coletiva. O Palmeiras abriu o placar aos 44 minutos do segundo tempo, com Keno, e sofreu o gol argentino dois minutos depois, com Carlos Tévez.

Segundo o treinador palmeirense, mesmo com sentimento negativo pela vitória ter escapado no fim, o time sai da partida fortalecido. "Minha equipe demonstrou dias depois do insucesso que estávamos prontos para a disputa de outra competição importante", afirmou Roger, que evitou comentar sobre a briga do clube nos bastidores para tentar anular o resultado da final sob a alegação de interferência externa.

O técnico disse ter conversado bastante com o elenco nos últimos dias para conseguir levantar o ânimo e fazer a equipe se preparar para enfrentar o Boca. "A vida de quem trabalha no futebol é de muitas frustrações. O que o atleta mais sabe fazer é recuperar o ânimo. Mais do que qualquer conversa, é a rotina do futebol: cair, levantar e estar pronto para próximo desafo", disse.

O elenco ganhou folga nesta quinta-feira e volta a trabalhar na sexta. O próximo compromisso será a estreia no Campeonato Brasileiro, na segunda-feira, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.