NILTON FUKUDA / ESTADÃO
NILTON FUKUDA / ESTADÃO

Roger Machado escala Scarpa de titular no meio-campo do Palmeiras

Treinador esboça equipe durante treinamento com miolo igual ao que disputou amistosos na pausa da Copa

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

16 de julho de 2018 | 19h15

O meia Gustavo Scarpa deverá ser titular do Palmeiras para o clássico desta quinta-feira, contra o Santos, às 20h (de Brasília), no Pacaembu, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. No treino realizado nesta segunda-feira na Academia de Futebol, o técnico Roger Machado esboçou a equipe com o mesmo meio-campo utilizado em boa parte dos amistosos disputados fora do país durante a pausa da Copa do Mundo da Rússia.

+ Bruno Henrique vê Scarpa pronto no Palmeiras e minimiza mudanças no time

+ Confira a tabela da Série A do Brasileirão

Assim, Scarpa jogará mais aberto pelo lado direito, com Lucas Lima centralizado e Hyoran posicionado na esquerda. Foi com essa formação que a equipe começou jogando os dois últimos compromissos da sua excursão à América Central: vitórias sobre Independiente Medellín (2 a 0), no Panamá, e Liga Alajuelense (6 a 0), na Costa Rica – ocasião em que Hyoran fez três gols e Scarpa, dois.

No primeiro amistoso – vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Árabe Unido, também no Panamá –, Roger iniciou a partida com Dudu, Moisés e Hyoran. Os dois primeiros, porém, estão suspensos para o jogo com o Santos, assim como Jailson e Luan.

Vale lembrar que Scarpa não atua em uma partida oficial desde março. Graças a um habeas corpus obtido junto ao TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, ele conseguiu encerrar seu vínculo com o Fluminense e ser novamente registrado pelo Palmeiras – a disputa judicial entre ele e o clube carioca, porém, continua.

A provável escalação no clássico deverá ter: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Hyoran; Willian.

O time ocupa a sexta colocação no Brasileirão, com 19 pontos, a oito do líder Flamengo. Já o Santos tem 13, apenas um à frente do primeiro integrante da zona do rebaixamento, o Bahia, que soma 12.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.