Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Roger pede 'jogo perfeito' do Grêmio em duelo com o Corinthians

Clubes fazem confronto direto na próxima quarta-feira, 9

Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2015 | 09h37

Após superar o Goiás por 2 a 1 e ficar a seis pontos do líder Corinthians, o Grêmio encara o duelo com o primeiro colocado do Campeonato Brasileiro, na próxima quarta-feira, no Itaquerão, como uma decisão que pode colocá-lo de vez na luta pelo título nacional. Por isso, o técnico Roger Machado destacou a necessidade do time ter uma atuação perfeita, só lamentando a falta de tempo na preparação para o duelo, válido pela 24ª rodada.

"Nos defender bem, mas não se submeter só ao sistema defensivo. Saber que vamos construir uma vitória sendo cirúrgicos e precisos para conquistarmos pontos importantes. Vamos ter que ajustar conversando porque não teremos os jogadores no campo. Será no papo. Temos que fazer um jogo perfeito, ou quase perfeito", disse.

No último domingo, o Grêmio precisou de uma virada no segundo tempo para bater o Goiás por 2 a 1, em Porto Alegre. Satisfeito com a postura do time, Roger destacou que os seus jogadores tiveram paciência para buscar o resultado positivo diante de um adversário retrancado.

"É natural em uma situação como esta que cada jogador acredite que tem a fórmula para resolver dentro de sua característica. Aí, deixa de ser um jogo coletivo e vira individual. O mais importante é o lastro do treino e todos saberem que não precisamos sair do nosso modelo. Ter paciência para usar nossos princípios", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.