Roger vai voltar ao meio-campo do Flu

O empate na estréia do Campeonato Brasileiro, atuando fora de casa contra o Paysandu, foi considerado um bom resultado nas Laranjeiras, apesar do erro do árbitro Orlando C. Magno dos Santos, que assinalou um pênalti inexistente contra o Fluminense. Pelo menos é esta a opinião do técnico Ricardo Gomes. Ele elogiou os atletas, mas não gostou da atuação de Roger ao lado de Romário. "O Roger rendeu mais quando vinha até o meio-de-campo para buscar a bola. Ele é criativo e dribla com muita velocidade. Mas, ficou parado no ataque, facilitando a marcação", declarou o treinador.Questionado sobre a mudança tática durante a partida - passou do 3-5-2 para o 4-4-2 -, o técnico disse que ainda não encontrou o equilíbrio defensivo para a equipe carioca. "Tirei um zagueiro e coloquei um atacante. Devo manter o esquema do segundo tempo (4-4-2) para a próxima partida", afirmou. O Fluminense enfrenta domingo o Coritiba, no Maracanã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.