Divulgação
Divulgação

Rogério Ceni afirma que se prepara para assumir o São Paulo

Goleiro, que faz estágio no Sevilla para aprender com Jorge Sampaoli, confirmar desejo de ser treinador em breve

O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2016 | 17h54

Em Sevilha, onde faz uma semana de estágio com o técnico argentino Jorge Sampaoli, Rogério Ceni admitiu que está se preparando para assumir o São Paulo. A possibilidade foi revelada pelo Estado e confirmada pelo presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. 

“Estou trabalhando para ser treinador, trabalhar no meu clube, onde estive por 25, quase 26 anos. Creio que a oportunidade um dia vai chegar”, afirmou o ex-goleiro, em entrevista ao site oficial do clube espanhol. 

Leco abriu possibilidade de Rogério Ceni assumir em 2017, mas deixou o ídolo à vontade para escolher o momento certo para aceitar o desafio. Como tem participado ativamente do planejamento para o próximo ano, Ricardo Gomes, atual treinador, assumiria uma função no departamento de futebol. Não é certo, por exemplo, que Marco Aurélio Cunha irá continuar no clube.

Em relação ao estágio no Sevilla, Rogério Ceni, que está cursando o segundo módulo do curso da Federação Inglesa (FA), disse ser um fã do estilo de Jorge Sampaoli. “Vim aqui por admiração, por seu trabalho na seleção do Chile e agora no Sevilla. Sempre gostei de seu estilo de jogo ofensivo e agressivo a todo tempo. Achei que seria importante passar uns dias com ele. Para mim é uma honra.”

Na opinião do ex-goleiro, a proposta de jogo de Sampaoli é moderna, como de Pep Guardiola, do Manchester City, e Jurgen Klopp, do Liverpool. “Creio que ele está se colocando neste nível. Com a chegada dele, a equipe passou a ser muito mais competitiva e agressiva e acredito que pode sonhar com o título do Espanhol (é o atual segundo colocado) ou em chegar longe na Liga dos Campeões. Com certeza, hoje no futebol moderno é um dos melhores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.