Rogério Ceni alfineta o Corinthians

Um dia depois da goleada por 5 a 0 sobre a Portuguesa Santista, que manteve o São Paulo na liderança isolada do Campeonato Paulista, os jogadores começaram a pensar exclusivamente no clássico de domingo, contra o com o Corinthians e o goleiro Rogério Ceni foi o primeiro a colocar pimenta no jogo. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o goleiro transferiu o favoritismo no jogo de domingo para o adversário, apesar de o São Paulo estar na ponta, com 9 pontos de vantagem. Para o goleiro, um time que gastou ?milhões de dólares? em contratações (referindo-se ao Corinthians) deve ser considerado favorito, num confronto contra uma equipe que não só não contratou ninguém, como perdeu alguns jogadores importantes. ?Se um time gasta milhões de dólares em contratações, esse time deve ser considerado o favorito. Nós não contratamos ninguém. É o mesmo time do ano passado. Aliás, até perdemos alguns jogadores importantes, casos de Rodrigo (zagueiro) e Luis Fabiano?, disse o goleiro, de forma irônica. O São Paulo lidera o Estadual com 25 pontos, enquanto que o Corinthians é apenas o 5º colocado com 16. A preocupação no São Paulo é com a condição física do atacante Diego Tardelli, que deixou o campo no jogo de ontem contra a Santista, reclamando de dores musculares. O jogador está sendo obervado e a sua escalação no clássico ainda não está confirmada. Tardelli é o artilheiro do campeonato com 10 gols.

Agencia Estado,

25 de fevereiro de 2005 | 12h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.