Rogério Ceni ameaça não jogar torneio

Quando todos pensavam que as divergências entre o goleiro Rogério Ceni e o diretor de futebol do São Paulo, José Dias, já tinham terminado, o jogador faz nova investida. Ele ameaça não viajar para disputar a Copa dos Campeões, a partir do dia 23, caso não receba reajuste de salário.Semana passada, Rogério, José Dias e o presidente Paulo Amaral trocaram farpas. O goleiro diz que o diretor havia prometido um aumento na época de sua renovação de contrato, o que foi negado pelos dirigentes são-paulinos. Houve uma conversa no fim da semana e Dias deu o caso como resolvido, mas o jogador não e quer nova reunião.Se a situação de Rogério ainda é incerta, o zagueiro Émerson, da Portuguesa, está mais perto do São Paulo e pode ser anunciado como novo reforço na segunda-feira. Segundo o responsável pelos departamentos de Marketing e Futebol da Lusa, José Carlos Brunoro, o clube do Morumbi fez uma proposta que não envolve a troca de atletas. ?O clube vai dar uma resposta definitiva sobre a proposta do São Paulo na segunda-feira", afirmou Brunoro. Segundo Émerson, a única coisa que pode impedir o acerto é o fato de que a Portuguesa preferiria receber dinheiro para liberá-lo. "Já é a terceira vez que estou para ir para lá", revelou o zagueiro.O técnico Nelsinho Baptista não esconde que Émerson se encaixa perfeitamente no seu time. Mas, o São Paulo tem pressa, pois o zagueiro precisa ser registrado até segunda-feira para que possa disputar a Copa dos Campeões. Caso contrário, só poderá fazer sua estréia no Campeonato Brasileiro. "Acho difícil uma conclusão até segunda", disse Brunoro.

Agencia Estado,

15 de junho de 2001 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.