Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Rogério Ceni corre para se recuperar até o clássico com Palmeiras

Goleiro trabalha para superar um estiramento na coxa direita

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

22 de junho de 2015 | 11h21

O São Paulo se reapresentou nesta segunda-feira após o empate em 1 a 1 com o Avaí, pelo Campeonato Brasileiro, e treinou mais uma vez sem Rogério Ceni. O goleiro de 42 anos tenta se recuperar de um estiramento na coxa direita, passou o dia na academia e intensificou a rotina de tratamento durante o fim de semana para conseguir voltar no próximo domingo, quando a equipe encara o Palmeiras, no Allianz Parque.

O problema muscular afastou Rogério Ceni da partida do último domingo, contra a equipe catarinense, no Morumbi. O goleiro tentou se recuperar durante a semana, quando sequer foi a campo para atividades no CT da Barra Funda e a comissão técnica aguardou o máximo possível para poder contar com o capitão. Mas na sexta-feira, antevéspera do jogo, o departamento médico confirmou a ausência do jogador.

O titular do São Paulo no empate contra o Avaí foi Renan Ribeiro. O goleiro de 25 anos está desde junho de 2013 no clube e além do empate em 1 a 1, atuou apenas uma vez pelo time. A primeira havia sido no Campeonato Paulista, na vitória por 3 a 0 sobre a Portuguesa. O substituto imediato de Ceni, Dênis, se recupera de cirurgia no ombro direito e iniciou há poucas semanas o treino de defesas. A previsão de retorno é em agosto.

Os jogadores que foram titulares contra o Avaí fizeram um trabalho regenerativo pela manhã, com atividades físicas leves e alongamento. Os reservas treinaram em campo reduzido. O elenco vai ganhar folga nesta terça-feira e retoma o trabalho na quarta-feira. Depois do Palmeiras, o São Paulo tem na sequência mais um jogo como visitante e vai até Curitiba enfrentar o Atlético-PR.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCRogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.