Rogério Ceni culpa o gramado e nega falha em goleada para o Fluminense

Goleiro do São Paulo lamenta atuação péssima do São Paulo em derrota por 5 a 2 no Rio

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2014 | 14h49

SÃO PAULO - O goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, negou nesta quinta-feira que tenha falhado ao dar rebote para dois gols do Fluminense na derrota do time por 5 a 2 no dia anterior, pelo Campeonato Brasileiro. Walter e Wagner aproveitaram as sobras para marcar no resultado que foi a primeira derrota do clube do Morumbi no torneio.

"Eu defendi e tentei afastar da área. O gramado estava molhado e no Maracanã a bola fica muito rápida e difícil", disse o goleiro durante o desembarque do time no Aeroporto de Congonhas. O elenco passou rapidamente pela saguão e jogadores como Alexandre Pato e Luis Fabiano, assim como o técnico Muricy Ramalho, evitaram dar entrevistas.

O encontro com o time carioca era encarado pelo São Paulo como a chance de entrar no G-4 do Brasileirão. Porém, a goleada evidenciou as falhas da defesa. "Foi um resultado elástico, que sai da rotina do que vínhamos jogando nas primeiras rodadas. Perdemos espaço no segundo tempo. O Fluminense cresceu e teve um volume de jogo bem maior que o nosso", admitiu Rogério Ceni.

O próximo adversário da equipe será o Grêmio, neste sábado, no Morumbi. Muricy vai definir a escalação no treino desta sexta-feira pela manhã, no CT da Barra Funda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.