Hugo Ortuño/Efe
Hugo Ortuño/Efe

Rogério Ceni culpa vento e admite falha em lance do gol do Danubio

São Paulo reclama de estádio e destaca superação em vitória

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 de abril de 2015 | 08h00

Os são-paulinos revelaram ter enfrentado uma dificuldade inusitada na partida contra o Danubio, nesta quarta-feira, em Montevidéu. Os jogadores disseram que o forte vento no estádio Luiz Franzini prejudicou a equipe e até mesmo facilitou para Sosa marcar o gol que abriu o placar na vitória tricolor por 2 a 1, pela Copa Libertadores.

O forte chute de fora da área surpreendeu o goleiro Rogério Ceni, que chegou a admitir a falha. "Eu não vi a bola. Procurei do lado e ela veio muito rápido com o vento, que estava forte e fez a bola ganhar velocidade", explicou. Também complicou para o capitão a fraca iluminação do acanhado estádio, cuja capacidade é para apenas 12 mil pessoas.

Para alívio de Rogério Ceni, o São Paulo conseguiu a virada com gols de cabeça de Alexandre Pato e de Centurión. O autor do primeiro gol também reclamou do vento. "O campo era ruim e tinha muito vento, que estava a favor deles. O futebol era para ser feio, não tinha como ganhar por um placar elástico. Não tínhamos as condições ideais".


Para Pato, ganhar de virada com gol no fim e encaminhar a classificação para as oitavas de final da Libertadores será fundamental para dar confiança ao São Paulo. "O time tem demonstrado cada vez mais união. Estamos com muita raça. O resultado é muito importante para dar ânimo ao grupo", destacou.

A equipe terá pela frente dois clássicos. No domingo, o São Paulo enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, pela semifinal do Campeonato Paulista. Depois, na quarta-feira, recebe o Corinthians, no Morumbi, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.