Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Rogério Ceni deve jogar pelo São Paulo na quarta, contra o Flu

Goleiro está recuperado de uma fratura no tornozelo esquerdo, que o deixou de fora pelos últimos 4 meses

AE, Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 14h48

O goleiro Rogério Ceni, afastado dos gramados há quatro meses, deve voltar ao gol do São Paulo na partida de quarta-feira, contra o Fluminense. Recuperado de uma fratura no tornozelo esquerdo, Rogério foi cogitado para ser utilizado no jogo do último domingo, contra o Sport, mas acabou tendo seu retorno adiado. Agora, o técnico Ricardo Gomes demonstrou confiança, e afirmou que a volta do goleiro está praticamente certa.

Veja também:

linkHumilde, Adrián González vibra com estreia no São Paulo  

linkJOGO - Leia como foi Sport 1x2 São Paulo

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O Rogério fez uma ótima semana de treinamentos, está evoluindo cada vez mais e se tudo correr bem a volta dele está garantida para a quarta-feira. Se ele falar pra mim na terça que tem condições, estará em campo", afirmou o treinador.

Rogério Ceni fraturou o tornozelo esquerdo há cerca de quatro meses, em uma disputa de bola com André Dias, em um treino do São Paulo, e desde então fez um trabalho de recuperação para voltar a ser escalado. Nas últimas semanas, o o técnico Ricardo Gomes promoveu jogos-treino para Rogério Ceni se "readaptar" ao campo mais rapidamente e voltar a adquirir ritmo de jogo.

Quando Rogério sofreu a contusão no tornozelo, o São Paulo estava nas semifinais do Campeonato Paulista. De lá para cá, o time entrou em decadência, demitiu o técnico Muricy Ramalho, contratou Ricardo Gomes e voltou a vencer. Agora, o time já ocupa a quarta colocação do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos, e está invicto há oito jogos, com uma sequência de seis vitórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.