Rogério Ceni faz festa no avião

Rogério Ceni comemorou o atraso de quase uma hora do vôo que levou a seleção do Brasil para os Estados Unidos. Como o avião decolou apenas à meia-noite (na madrugada de quarta para quinta-feira), ele pôde ligar, do seu celular, já dentro do aeronave, para um amigo para saber o resultado final da partida entre Botafogo e São Paulo, pela final do Torneio Rio-São Paulo. Quando soube que o Tricolor vencera por 4 a 1, vibrou muito. "Com um resultado desses, estamos com o título praticamente garantido", comemorou o goleiro titular do São Paulo e da seleção. "Falei rapidamente com esse meu amigo e só consegui saber que o Carlos Miguel fez o primeiro gol." Enquanto os colegas demonstravam cansaço pela longa viagem -, que contando a troca de avião em Dallas, o tempo de vôo e a permanência no aeroporto, levou quase 20 horas -, o são-paulino não escondia a alegria. "Pena que não pude estar presente; pelo menos ajudei o time a chegar à final." Desde que assumiu a posição de titular do São Paulo, este pode ser seu quarto título. Já conquistou dois Campeonatos Paulistas e uma Conmebol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.