Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Rogério Ceni decide futuro com o São Paulo em reunião nesta sexta-feira

Treinador exige reforços para permanecer no clube em 2022 e permanência ainda é incógnita

Redação, Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2021 | 09h00

Rogério Ceni vai decidir seu futuro com o São Paulo em reunião, nesta sexta feira, com a diretoria do clube. O treinador vai exigir reforços para o elenco para permanecer no clube na temporada de 2022. Sua preocupação também está relacionada com sua reputação. Em pouco mais de quatro anos como técnico, o ex-goleiro coleciona títulos e gostaria de ter opções técnicas para fazer um bom trabalho na equipe tricolor.  

"Vamos tratar de reforços. O time tem bons jogadores, mas precisamos de alternativas para o elenco. Um atleta 'um contra um', do lado do campo para termos mais possibilidades para armar a equipe de outras formas. Eu não posso jogar fora uma história de 26 anos no clube se não tivermos condições de sermos melhores em 2022", disse Ceni, dando a entender de que pode deixar o comando do time.

Apesar do "fico" de Ceni ainda ser uma incógnita, o técnico afirma ter "vontade" de permanecer no clube. Ele ressalta, porém, que só aceitou o convite para o cargo pelo fato de ser o São Paulo e o seu desejo de salvar o time da situação incômoda no Brasileirão. "Eu falei para a direção que preferia iniciar o trabalho no próximo ano, após a realização de uma pré-temporada e com análise do grupo."

Rogério afirmou que o São Paulo terminar em 13º lugar ou nono, como teria condições de ter alcançado, caso tivesse vencido o América na última rodada, não interfere em sua posição para permanecer ou não no clube. "Essas colocações não representam a grandeza do São Paulo. Por isso, minha preocupação é colocar o São Paulo em uma posição que ele mereça estar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.