Rogério Ceni não gosta nada do empate

O goleiro Rogério Ceni, um dos destaques do jogo contra o Botafogo, lamentou o fim da série de seis vitórias consecutivas do São Paulo no Campeonato Brasileiro. E não aprovou o comportamento do time no segundo tempo, quando o Botafogo conseguiu o empate. ?Não era o que a gente esperava. Vínhamos de uma seqüência muito boa de vitórias. Na volta do segundo tempo, recuamos muito. Não fizemos o que havia sido combinado com nosso treinador. No fim, o empate fora de casa acabou sendo excelente.?O goleiro disse ainda que ficou bem impressionado com a postura do adversário. ?A pressão foi muito grande. E a marcação deles foi muito boa. Há muito tempo não via um time carioca marcar tão forte como o Botafogo marcou.?Souza também lamentou a conduta do time nos 45 minutos finais. ?Recuamos demais. O time deles jogou dentro do nosso campo. Infelizmente sofremos o empate.?O técnico Paulo Autuori não terá todos os titulares próximo jogo do São Paulo. Cicinho, servindo a Seleção Brasileira, não enfrenta o Internacional, quarta-feira, em Porto Alegre. Fabão, machucado, também é dúvida.Bronca - Amoroso não jogou bem neste domingo, mas está confirmado para enfrentar o Inter. O atacante ficou revoltado com a anulação do clássico contra o Corinthians ? ele marcou dois gols na vitória por 3 a 2. ?É uma coisa lamentável. Foi um espetáculo muito bonito, jogo aberto, com muitos gols. E foi também uma partida que deu moral para o São Paulo. Sem contar os meus dois gols. Será que vão me tirar? Mas está gravado e a imagem fica?, disse o atacante, neste domingo, na Ilha do Governador.Amoroso questiona a decisão do STJD. E cobra responsabilidades. ?Futebol é assim. O vencedor comemora e o perdedor se lamenta. Não tem do que reclamar. O Corinthians marcou um gol impedido, nós fomos lá e corremos atrás. Se o jogo se repetir será uma injustiça. E se alguém se machucar neste outro jogo? De quem é a culpa??

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.