Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Rogério Ceni não treina e deve ser desfalque contra o Corinthians

Goleiro do São Paulo fica fora das atividades e retorno será adiado

CIRO CAMPOS, Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2015 | 17h25

O São Paulo não deve ter Rogério Ceni para jogo de domingo contra o Corinthians, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. O goleiro continua em recuperação da ruptura do tendão tíbio-fibular sofrida no dia 28 de outubro e ainda não voltou a treinar no campo. Nesta sexta-feira, o jogador de 42 anos fez apenas trabalhos na academia e a tendência é que retorne apenas na próxima rodada, contra o Figueirense, no Morumbi.

Caso isso se confirme, o goleiro vai ter somente mais duas partidas para disputar antes de se aposentar. Após o Figueirense, o time enfrenta o Goiás, no Serra Dourada, pela última rodada. Cinco dias depois, Ceni vai disputar o seu jogo de despedida, no Morumbi, contra ex-companheiros de São Paulo que participaram das conquistas do clube nos Mundiais de 1992, 1993 e 2005.

Para enfrentar o Corinthians, o técnico Milton Cruz não vai poder contar com Alexandre Pato, fora por questões contratuais. A tendência é o atacante Rogério ser o substituto. Apesar dos dois gols contra o Atlético-MG, Alan Kardec deve começar no banco de reservas. Luis Fabiano provavelmente será mantido no ataque.

O time se reapresentou na tarde desta sexta-feira no CT da Barra Funda, no dia seguinte à vitória por 4 a 2 sobre o Atlético-MG, no Morumbi, sem os titulares no campo. Quem atuou na partida fez apenas trabalhos regenerativos de hidroginástica. Os reservas participaram de uma atividade em campo reduzido sob os olhares do vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, que conversou individualmente com alguns atletas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCRogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.