Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Rogério Ceni reafirma que irá se aposentar no fim do ano

Goleiro lamentou a má fase do time, que não vence uma partida desde o dia 29 de maio

AE, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 12h22

MUNIQUE - O goleiro Rogério Ceni parece realmente convencido de que irá se aposentar no final deste ano. O jogador já disse, depois de uma das partidas que o São Paulo travou contra o Atlético-MG nesta Copa Libertadores, que vive o último ano de sua carreira. O atleta, porém, nunca confirmou oficialmente esta tendência de pendurar as chuteiras neste 2013 no qual ele completou 40 anos em janeiro.

Rogério voltou a confirmar que vive o último ano de sua carreira em uma entrevista concedida em inglês, na Alemanha, e veiculada nesta quarta-feira pelo site oficial do São Paulo, que nesta tarde, a partir das 15h30 (de Brasília), enfrenta o Bayern de Munique em sua estreia na Copa Audi, torneio amistoso de pré-temporada do futebol europeu.

"Estou no São Paulo há mais de 20 anos. Esse é meu último ano na carreira. É um momento especial", disse o jogador, ao mesmo tempo que vê seu clube amargar uma das piores fases de sua história, pois não vence uma partida desde 29 de maio, amargou uma grande sequência de derrotas neste período e está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Nesta mesma entrevista veiculada nesta quarta-feira pelo São Paulo, Rogério destacou que Pep Guardiola já está "começando a mudar o estilo de jogo" do Bayern e que, sob o comando do técnico, o clube alemão está vivendo "uma nova era".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.