Rogério Ceni reclama da arbitragem

Goleiro diz que árbitro Luiz Antonio Silva Santos marcou falta inexistente que resultou no gol gremista

Vítor Marques, Jornal da Tarde

10 de maio de 2008 | 20h38

O goleiro Rogério Ceni reclamou da arbitragem do árbitro Luiz Antonio Silva Santos. Para o capitão são-paulino a falta que originou o gol gremista não aconteceu. "O gol foi dele [do juiz]", disse. Veja também: Classificação Calendário da Série A São Paulo é surpreendido e perde para o Grêmio Rogério, por outro lado, reconheceu que, marcada a falta, a defesa do São Paulo errou na marcação. No gol do Grêmio, Paulo Sérgio cobrou falta na marca do pênalti e o atacante Pereira saltou livre para marcar de cabeça. "Ele [Rogério] fala o quer", rebateu o gremista Paulo Sérgio, ex-Palmeiras. "O importante é que o Grêmio ficou com os três pontos."No final do jogo, Rogério Ceni, por pouco, não empatou o jogo em uma cobrança de falta. O zagueiro Alex Silva se lançou ao ataque, e o árbitro deu até cinco minutos de acréscimos.O lateral-direito Jancarlos falou sobre sua estréia com a camisa são-paulina. "Acho que para mim, do tempo que estava parado foi bom, mas infelizmente perdemos, aconteceu. Vamos esquecer essa derrota e pensar no Fluminense."Jancarlos também desconversou sobre o excesso de laterais no time e poucos meias de criação, tanto que a diretoria do clube procura um armador para a seqüência do campeonato."Quem tem que ver isso é a diretoria, eu estou aqui para ajudar", disse o lateral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.