Rogério Ceni repete o velho discurso

Quem ouvia com atenção o discurso do goleiro Rogério Ceni e do meia Ricardinho, ontem no CT da Barra Funda, imediatamente se lembrava do que foi falado no mesmo local, pelos mesmos jogadores, e no mesmo tom, um dia após a derrota para o Santos, no primeiro jogo das quartas-de-final do Brasileiro do ano passado.Na tentativa de levantar o ânimo, de mostrar que ainda é possível vencer o Corinthians sábado e ser campeão, os dois são-paulinos usaram uma argumentação que parece velha. ?Não será surpresa nenhuma se formos campeões.?Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.