Rogério: 'Dá nojo falar o nome do goleiro do Corinthians'

Indignado com provocação do goleiro Felipe, zagueiro do Bahia comemora vitória no Pacaembu pela Série B

Redação,

19 de julho de 2008 | 18h30

Após a vitória sobre o Corinthians por 1 a 0 no Estádio do Pacaembu, os jogadores do Bahia desabafaram. A maior festa foi do zagueiro Rogério, que afirmou ter ficado indignado com as provocações de Felipe - ao longo da semana, o goleiro corintiano disse que queria ver o Bahia afundar para a Série D. Veja também: Corinthians perde a primeira na Série B "Dá até nojo falar o nome do goleiro do Corinthians", dispara Rogério. "Ele falou demais. Disse que iria afundar a gente. No final, foi o Bahia que conquistou os três pontos no Pacaembu." Rogério contou que os jogadores do Bahia entraram motivados para dar uma resposta a Felipe. "Quem fala o que quer ouve o que não quer. Ele precisa ter mais humildade e respeitar a camisa do Bahia." Felipe levou um frango aos 9 minutos do primeiro tempo, quando Elias bateu falta da intermediária. O goleiro se posicionou mal e acabou encoberto. Com a vitória, o Bahia vai para 17 pontos e fica numa posição intermediária na Série B. Já o Corinthians, que perdeu a primeira partida na competição, permanece na liderança, com 27.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série BCorinthiansBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.