Arquivo/AE
Arquivo/AE

Rogério Lourenço comanda o Fla contra o Corinthians

'É uma alegria e um privilégio muito grande assumir a equipe do Flamengo, mesmo que interinamente'

AE, Agência Estado

24 de abril de 2010 | 19h19

O Flamengo definiu neste sábado o substituto do técnico Andrade no jogo da próxima quarta-feira, contra o Corinthians, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Após demitir o treinador campeão brasileiro pelo clube na sexta-feira, a diretoria anunciou que Rogério Lourenço comandará o time de forma interina no Maracanã, enquanto ainda procura um novo técnico.

Veja também:

linkBotafogo confirma permanência de Joel e frustra o Fla

Integrante da comissão técnica de Andrade, Lourenço comemorou a oportunidade. "É uma alegria e um privilégio muito grande assumir a equipe do Flamengo, mesmo que interinamente. O Flamengo tem uma história de treinadores que começaram aqui e conseguiram chegar ao time principal e espero também seguir essa trajetória", afirmou o técnico interino.

Ex-jogador revelado pelo próprio Flamengo, Lourenço, de 39 anos, também começou a carreira de treinador no clube rubro-negro. Em 2006, ele assumiu a equipe sub-17, o que o levou depois a ser convidado pela CBF a treinar a seleção brasileira sub-20. Pelo time nacional, ele foi bicampeão sul-americano e chegou a fazer a final do Mundial no ano passado, mas acabou com o vice.

Apesar da condição de interino, Lourenço não escondeu a vontade de ser efetivado. "Óbvio que é uma chance. Se falar que não acho que seja uma oportunidade para eu seguir no profissional estaria mentindo. Sei que a diretoria ainda busca um treinador, mas venho fazendo meu trabalho aos poucos, subindo a cada categoria, e agora vamos fazer o máximo para conseguirmos um bom resultado na quarta."

AUSÊNCIA 

Em seu primeiro treino como técnico do Flamengo, Lourenço já teve que lidar com a falta de Vágner Love. O atacante não treinou por causa de um mal-estar, que o levou a permanecer em casa, onde será avaliado ainda neste sábado por Marcio Tannure, médico do clube. Por enquanto, ele não preocupa para o jogo contra o Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.