Enrique Castro-Mendevil/Reuters
Enrique Castro-Mendevil/Reuters

Rogério volta ao país do primeiro gol na Libertadores

'Foi um gol importante pois ajudou o time a conquistar uma vitória na estreia da equipe após 10 anos fora da Libertadores', relembra o goleiro do São Paulo

AE, Agência Estado

27 de abril de 2010 | 11h28

A partida entre Universitário e São Paulo, quarta-feira, pelas oitavas de final da Libertadores, no Peru, será especial para Rogério Ceni. Foi neste país, diante do Alianza Lima, em 2004, que o goleiro marcou o seu primeiro gol na competição continental. Depois, ele fez mais dez, o que o deixa como maior artilheiro do time na Libertadores.

Veja também:

linkCeni 900: ''Não me vejo parando no curto prazo''

linkSão Paulo prega calma para furar defesa do Universitário

"Foi um gol importante pois ajudou o time a conquistar uma vitória importante, na estreia da equipe após 10 anos fora da Libertadores. Foi importante para abrir o caminho para uma boa campanha", afirmou o goleiro, relembrando a estreia do São Paulo na Libertadores de 2004, vencida por 2 a 1.

Agora, Rogério Ceni espera voltar a conquistar um triunfo em partida no Peru. "Mais importante que aquela vitória é a próxima. Agora temos um novo desafio, mais difícil e decisivo e contra uma equipe que não costuma sofrer gol. O foco está neste jogo e não naquele", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.