Rubens Chiri / São Paulo FC
Rubens Chiri / São Paulo FC

Rojas celebra gol depois de dois anos lesionado: 'tive de me segurar para não chorar'

Atacante equatoriano agradece companheiros e Crespo pela confiança após duas lesões graves em sequência

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de março de 2021 | 19h14

Demorou dois anos, mas Joao Rojas voltou a fazer um gol com a camisa do São Paulo. O atacante equatoriano sofreu duas lesões sérias no joelho neste período e precisou de longos tempos de recuperação. Após voltar a campo no jogo contra o Botafogo pela última rodada do Brasileirão, o atacante marcou um gol de pênalti na vitória do São Paulo contra a Inter de Limeira pelo Campeonato Paulista e contou ter ficado à beira das lágrimas.

"Foi emocionante. Tive que segurar a vontade de chorar, porque passei por muitas coisas desde a minha primeira lesão no joelho. E, quando fiz o gol, lembrei de todos os momentos que enfrentei: o sofrimento, a dor e a tristeza por ficar tanto tempo sem jogar", relatou Rojas.

"Sempre tive o apoio dos meus companheiros, da comissão técnica, dos profissionais do REFFIS e da torcida, que nunca me deixou sozinho", afirmou o atacante. Depois do jogo, o técnico Hernán Crespo deu um voto de confiança, dizendo relembrar de como Rojas jogava no Córdoba e que, se o atleta voltar àquele nível, poderá ajudar o São Paulo. Rojas recentemente renovou o contrato com o São Paulo até o fim de maio.

"Agradeço a confiança que o Crespo me deu. Estou contente após o trabalho duro e a superação para voltar a jogar. O gol e a assistência foram os presentes que eu esperei após tanto sacrifício", disse Rojas. O São Paulo volta a campo no próximo sábado, às 19h, para o clássico contra o Santos, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.