Rubens Chiri / São Paulo/ 26-10-2018
Rubens Chiri / São Paulo/ 26-10-2018

Rojas passa por cirurgia e deve desfalcar São Paulo por seis meses

Equatoriano foi operado nesta quinta-feira, no HCor, em São Paulo

O Estado de S. Paulo

01 Novembro 2018 | 15h55

O meia-atacante Rojas foi submetido na manhã desta quinta-feira a uma cirurgia para reconstrução dos ligamentos após ruptura do tendão patelar do joelho direito. O procedimento foi realizado no HCor, em São Paulo, e o atleta passa bem. Ele seguirá internado até o fim desta semana, quando deverá receber alta médica.

"Realizamos a reconstrução cirúrgica do local lesionado e também reforço com tendão do próprio paciente, que deve ficar, no mínimo, seis meses afastado dos gramados para recuperação", prevê Rene Abdalla, responsável pela equipe que realizou o procedimento no equatoriano.

Rojas se lesionou aos 18 minutos do segundo tempo da partida contra o Vitória, na última sexta-feira, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em uma tentativa de finalização, a perna direita dele travou no gramado no instante do chute, provocando a lesão.

Após ser liberado para voltar à sua residência, ele iniciará uma primeira etapa de fisioterapia em casa mesmo, sob supervisão do departamento médico do São Paulo. Na sequência, passará a trabalhar no Reffis, no CT da Barra Funda.

Contratado no fim de junho, o camisa 11 chegou e já assumiu a condição de titular da equipe de Diego Aguirre. Após estrear contra o Flamengo, no dia 18 de julho, desfalcou o time apenas uma vez, contra o América-MG, dia 22 de setembro, por conta de suspensão. Das 21 partidas realizadas no período, participou de 20, sendo 19 como titular. Com cinco assistências, ele é o terceiro maior garçom do elenco, atrás somente de Nenê e Everton, que têm seis passes para gol cada.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.