Rubens Chiri/saopaulofc.net
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Rojas sofre ruptura de tendão e só volta a jogar pelo São Paulo em 2019

Meia-atacante se machucou no duelo contra o Vitória, em Salvador, aos 18 minutos do segundo tempo

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2018 | 14h46

As perspectivas foram confirmadas. Um exame de imagem ratificou que o atacante Rojas, do São Paulo, rompeu o tendão patelar do joelho direito na partida de sexta-feira contra o Vitória, em Salvador. Ele tentou um chute e ficou com a perna presa no gramado, aos 18 minutos da etapa final.

Esta é uma lesão grave e o tempo de recuperação pode atingir seis meses. Com isso, o equatoriano só volta a jogar pelo São Paulo em 2019. O jogador Rojas, de 29 anos, foi contratado pela equipe em junho. Joao Rojas disputou a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, pelo Equador. Após jogar no Técnico Universitário e no Emelec (ambos do Equador), o meia-atacante foi contratado pelo Monarcas Morelia, do México, e depois foi negociado com o Cruz Azul. Em 2017, o Talleres, da Argentina, o contratou.

Rojas tem contrato com o São Paulo até 31 de julho de 2020, mas a diretoria do São Paulo colocou no acordo que ele pode ser estendido por mais duas temporadas.

Everton Felipe entrou no lugar do equatoriano no Barradão, mas também machucou o joelho, ao sofrer um estiramento do ligamento colateral medial e do tendão na região medial do joelho.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.