Rojas volta a trabalhar no São Paulo

Roberto Rojas voltou a trabalhar no São Paulo, depois de quase dois meses de ausência - recebeu férias da diretoria, que ainda não encontrou um lugar para encaixá-lo. O ex-goleiro da seleção chilena viajou com a delegação para o Chile, onde, acreditam dirigentes e comissão técnica, pode dar boa contribuição. "Tenho certeza de que o Rojas vai nos ajudar bastante", declarou o presidente Marcelo Portugal Gouvêa.Rojas foi afastado do elenco profissional no fim de janeiro. De acordo com a cúpula tricolor, a presença do treinador de goleiros poderia provocar uma situação constrangedora para Cuca. É que o chileno fez bom trabalho em 2003 como técnico, classificando o time para a Libertadores. Temia-se que, em caso de derrota, a torcida passasse a gritar seu nome.Seu futuro ainda não foi definido. Estava quase acertado que ele seria transferido para Barueri, para trabalhar com Cilinho nas categorias de base. A idéia, contudo, não o atrai tanto. Quando o grupo retornar do Chile, Rojas vai conversar com a diretoria para encontrar uma solução.Nesta terça-feira, antes do treinamento, o elenco visitou uma mina de cobre, ponto turístico de Calama. O objetivo da comissão técnica foi proporcionar momentos de lazer e descontratação para os jogadores, bastante pressionados depois da eliminação no Paulistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.