Divulgação/Roma
Divulgação/Roma

Roma anuncia retorno de Lorenzo Pellegrini, destaque da seleção italiana sub-21

Jovem meia assina contrato até 30 de junho de 2022

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2017 | 14h58

A Roma anunciou nesta sexta-feira o retorno do meia Lorenzo Pellegrini, de 21 anos, que atuou nas duas últimas temporadas pelo Sassuolo. O jovem atleta assinou contrato com a equipe da capital até 30 de junho de 2022, mediante pagamento de 10 milhões de euros (cerca de R$ 37,5 milhões) pela aquisição dos direitos do jogador.

"É uma emoção muito grande. Cresci em Trigoria (centro de treinamento da Roma) e se tornar um jogador de futebol é um sonho para todos os meninos que entram para fazer uma peneira. Agora, preciso aprender a deixar o sentimento de lado. Chegou a hora de dar tudo por esta camisa. Acredito que compensarei o clube e os torcedores", declarou o jovem meia em sua primeira entrevista na volta ao clube.

Pelo Sassuolo, Pellegrini disputou 54 jogos. Na última edição do Campeonato Italiano, ele jogou 28 partidas, fez seis gols e deu sete assistências. Ele também teve, na temporada passada, a primeira presença em campo em uma competição europeia, atuando pela equipe Emília-Romanha na Liga Europa.

O jogador, que chegou à Roma aos dez anos de idade, foi um dos destaques da seleção italiana que chegou às semifinais da Eurocopa Sub-21, disputada na Polônia, neste mês - o time perdeu a vaga na final para a Espanha -, e marcou um gol de bicicleta na partida contra a Dinamarca.

O diretor esportivo da Roma, Ramón Rodríguez Verdejo, conhecido como Monchi, valorizou o período que Pellegrini passou fora do clube da capital italiana para o crescimento profissional dele.

"Estamos orgulhosos de ter trazido Pellegrini de volta para casa. Nestes anos, Lorenzo ganhou uma experiência importante no Sassuolo e estamos certos que ele saberá contribuir para o processo de crescimento da equipe", frisou o dirigente.

O Sassuolo publicou uma mensagem de agradecimento e de boa sorte a Pellegrini em sua nova casa. "Quando chegou, era um rapaz. Agora, se vai um homem. Boa sorte, Lorenzo!", dizia o texto divulgado no site e redes sociais do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol internacionalfutebolRoma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.