AS Roma/Divulgação
AS Roma/Divulgação

Roma e Atlético de Madrid fazem primeiro confronto direto da Liga dos Campeões

Equipes se enfrentam na Itália pelo mesmo grupo do Chelsea; Neymar e PSG estreiam contra o Celtic, na Escócia

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

12 de setembro de 2017 | 07h00

A rodada de abertura da fase de grupos da Liga dos Campeões, nesta terça-feira, já traz um confronto direto por vaga nas oitavas de final. Embora o encontro entre Barcelona e Juventus reúna dois campeões do torneio, é a partida na Itália entre Roma e Atlético de Madrid que já deve encaminhar a definição de um dos classificados à fase seguinte.

A relevância do jogo se explica pela composição do Grupo C. Além de italianos e espanhóis, o Chelsea desponta como o favorito a passar. Completa o quarteto o azarão estreante Qarabag, do Azerbaijão. Somente os dois primeiros colocados de cada chave vão avançar às oitavas de final.

"Alguns times têm suas estrelas, mas nossa equipe está bem formada, fomos bem no mercado de transferências. É muito difícil, mas vamos pensando fase a fase do torneio", disse ao Estado o zagueiro Juan Jesus, da Roma. O clube se reforçou com mais de dez contratações.

A equipe da capital italiana tem cinco brasileiros no elenco (sempre gostou, desde Falcão, o Rei de Roma) e volta à competição depois de temporada ausente. A grande novidade foi ter a saída do veterano Francesco Totti, aposentado após 25 temporadas. "Ele é uma figura importante para a gente e para o futebol mundial. A gente acaba sentindo a falta dele no campo, até por ser uma pessoa muito simpática e tranquila", comentou o zagueiro brasileiro.

O Atlético de Madrid chega confiante pela sequência de boas participações na Liga. O time foi semifinalista na última edição e vice-campeão na temporada anterior. A equipe do brasileiro Filipe Luís não fez contratações. A aposta é no entrosamento dos atletas e no trabalho do técnico Diego Simeone para ir longe mais uma vez. Pelo mesmo grupo, o atual campeão inglês Chelsea recebe em Londres o Qarabag.

REENCONTRO

Os finalistas de 2015 se enfrentam hoje no Camp Nou em uma revanche das quartas de final da última temporada. Barcelona e Juventus iniciam na Espanha o tira-teima depois de cada um ter levado a melhor nos dois encontros recentes.

Apesar de ter se saído bem no duelo da temporada passada, a Juventus aponta o adversário espanhol como o favorito para passar em primeiro lugar no Grupo D. "Quando você enfrenta jogadores como Iniesta, Messi, Suárez, Dembélé ou Deulofeu, é muito difícil conseguir marcá-los. O Barça começou bem a temporada. É o time favorito junto com o Real Madrid para ganhar", diz o técnico Massimiliano Allegri. Sporting, de Portugal, e Olympiacos, da Grécia, completam o grupo.

O Barcelona terá o primeiro grande teste ofensivo depois de perder Neymar. O desafio será enfrentar logo uma das melhores defesas da Europa. "Eu temo a Juventus pela consistência com que jogam", afirmou o goleiro alemão Ter Stegen.

Neymar também estreia hoje com o Paris Saint-Germain fora de casa. O badalado time francês encara o Celtic, na Escócia. Pelo mesmo grupo, o Bayern de Munique recebe o Anderlecht, da Bélgica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.