Filippo Monteforte/AFP
Filippo Monteforte/AFP

Roma ganha em casa pelo Italiano e se aproxima de zona de classificação europeia

Sem dificuldades, time italiano supera o Sassuolo e se reabilita de derrota para a Juventus

Redação, O Estado de S.Paulo

26 Dezembro 2018 | 17h26

A Roma conseguiu nesta quarta-feira se recuperar no Campeonato Italiano - havia perdido no último sábado para a líder Juventus, em Turim - e voltou a se aproximar da zona de classificação às competições europeias da próxima temporada. No estádio Olímpico, na capital do país, o time romano derrotou o Sassuolo por 3 a 1, pela 18.ª rodada - a penúltima do primeiro turno.

Com os três pontos, a Roma subiu para 28 e pulou da 11.ª para a sétima colocação na tabela de classificação - ultrapassou, de uma vez só, quatro equipe: Atalanta, Fiorentina, o próprio Sassuolo (em 11.º lugar, com 25) e Parma. Agora está apenas um ponto atrás do Milan, em sexto e atualmente com vaga na Liga Europa.

Em campo, a Roma mandou no jogo e não deu muitas chances para o Sassuolo. O time visitante só assustou no primeiro minuto com um chute de Berardi da intermediária, que o goleiro sueco Olsen espalmou, e depois foi pressionado pelos anfitriões. Aos 8, o primeiro gol saiu em uma cobrança de pênalti convertida por Diego Perrotti. Aos 23, foi a vez de o atacante Patrik Schick marcar o seu e abrir 2 a 0 no placar.

Na segunda etapa, a Roma seguiu com a postura ofensiva e foi premiada com um belo gol de Nicolo Zaniolo, aos 14 minutos. O atacante recebeu pela direita e avançou com a bola até a linha de fundo, já dentro da área. Deu um corte para atrás, deixou o goleiro e o defensor caídos no chão e deu uma cavadinha para fazer 3 a 0. No final, já nos acréscimos, Babacar descontou para o Sassuolo.

Quem está colado na Roma na tabela de classificação é o Torino. Com a tranquila vitória por 3 a 0 sobre o Empoli, em casa, a equipe de Turim subiu para a oitava colocação com 26 pontos, apenas um atrás do romanos. Nicolas N'Koulou, no primeiro tempo, Lorenzo De Silvestri e Iago Falque, na segunda etapa, marcaram os gols. O time visitante, em situação complicada, é o 16.º com 16 pontos, três à frente da zona de rebaixamento.

Por fim, em Ferrara, o SPAL recebeu a Udinese e ficou no empate sem gols. O resultado foi ruim para ambos, que lutam contra a degola. O time da casa é o 15.º colocado, com 17 pontos, e o visitante está em 17.º lugar - o último antes da zona de queda -, com 15.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.