Roma joga com Milan para abrir vantagem

Roma e Milan fazem nesta terça-feira, às 17h30 (de Brasília), no Estádio Olímpico, em Roma, o duelo mais esperado do Campeonato Italiano. O time romano lidera a competição com 36 pontos, seis de vantagem sobre a equipe milanesa, que tem um jogo a menos. Será o confronto entre brasileiros. Do lado da Roma, Mancini, Lima e Emerson. No Milan, Dida, Cafu, Serginho e Kaká. A partida, válida pela 15ª rodada, terá transmissão ao vivo da ESPN Internacional. Os donos da casa estão invictos e esbanjam confiança. O meia Totti, principal articulador das jogadas da Roma, não faz questão de disfarçar: ?Quem vai vencer o jogo? A melhor equipe. No momento, nós somos a melhor equipe. Eles vão entrar desfalcados.? No Milan, o zagueiro Nesta, contundido, fica de fora. O técnico da Roma, Fabio Capello, no entanto, poderá escalar todos os seus titulares. Além da técnica de Totti, conta com a ótima fase do lateral-direito Mancini, que tem feito gols e dado muitos passes aos companheiros. ?Todo mundo aqui na Itália só fala nessa partida?, disse o volante Lima, da Roma. Os ingressos para o jogo estão esgotados. Além de invicta, a Roma tem a melhor defesa (quatro gols) e o melhor ataque, ao lado da Juventus (31 gols). ?Claro que não será fácil ganhar deles, porque são os atuais campeões da Europa, mas vamos fazer isso e daremos um grande passo?, diz Totti. Mesmo com as provocações, os jogadores do Milan reconhecem que a fase da Roma é muito boa, e que Totti é um dos principais responsáveis por isso. ?Ele (Totti) é como um brasileiro: tem técnica e genialidade?, afirma Kaká. ?Eu sempre o assistia quando eu estava no São Paulo.? Carlo Ancelotti, treinador do time milanês, também se rende ao bom futebol do adversário. ?Não esperava que a Roma mantivesse esse ritmo. Se continuarem assim até o final, ficaremos de pé e aplaudiremos?, disse Ancelotti. A esperança dos torcedores milaneses está depositada no meia Kaká, que tem sido o salvador do time, e no centroavante ucraniano Shevchenko, que marcou 12 gols neste campeonato. No dia 28, o Milan disputará contra o Siena o jogo que tem a menos, por causa do Mundial Interclubes, jogado dia 14 de dezembro. A Juventus recebe o Perugia, às 12 horas (de Brasília, com transmissão da ESPN Brasil). O time de Turim tem 30 pontos, ao lado do Milan, mas uma partida a mais. As dúvidas do técnico Marcello Lippi, da Juventus, são o zagueiro uruguaio Montero e o volante ítalo-argentino Camoranesi. Completam a rodada Ancona e Parma; Bologna e Empoli; Brescia e Siena; Inter e Lecce; Modena e Chievo; Reggina e Lazio e Udinese e Sampdoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.