Roma libera Cafu e Emerson para Leão

Após protestar contra a convocação de seus jogadores para os amistosos que a seleção brasileira vai disputar nos Estados Unidos e México nos próximos dias, a Roma decidiu liberar nesta quarta-feira o lateral Cafu e o volante Emerson para as partidas.O volante Emerson, que estava compromissado com a justiça local para fazer um juramento à constituição no final de semana, conseguiu a liberação. Segundo o assessor esportivo do clube italiano, Franco Baldini, o volante poderá postergar o prazo para comparecer à justiça militar do país. Baldini garante que já entrou em contato com a Confederação Brasileira (CBF) e depois de tudo acertado, os jogadores partem às 6h desta quinta-feira."A seleção brasileira tem uma fascinação particular e por isso Emerson quer se juntar aos demais companheiros. Depois de falar com ele, entendemos sua vontade de fazer parte do grupo", disse Baldini ao revelar que o próprio clube pediu o adiamento do compromisso do jogador com a justiça italiana.Após as duras críticas do Milan sobre a convocação do zagueiro Roque Junior, o dirigente da Roma descartou qualquer retaliação à CBF. "Nós buscamos uma relação de colaboração com a Confederação Brasileira", disse.Cafú e Emerson aguardam apenas a autorização entre a Roma, o secretário-geral da Fifa, Michel Zen Ruffinen, e o vice-presidente da CBF, Marco Antonio Teixeira, para seguirem para os Estados Unidos. Os dois vão desfalcar a equipe que enfrenta no domingo a Internazionale pelo Campeonato Italiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.