Roma não poderá contratar por um ano

A Fifa condenou a Roma a um ano sem poder efetuar qualquer contratação nacional ou internacional por ter incitado o zagueiro francês Philippe Mexes a quebrar seu contrato com o time do Auxerre, da França. O clube italiano já anunciou que tentará recorrer da sentença no Tribunal Arbitral Desportivo (TAS), em Lausanne. Se a punição for confirmada, a Roma só poderá registrar novos atletas a partir do segundo período de transferências de 2006.Em junho de 2004, Mexes anunciou o rompimento de seu contrato com o Auxerre e a transferência para a Roma alegando que a decisão estava amparada pelo novo regulamento da Fifa. O clube francês acionou a entidade máxima do futebol acusando a Roma de roubo e ruptura unilateral de contrato. No último dia 10, a Fifa já tinha determinado que a equipe italiana teria de indenizar o Auxerre em 8 milhões de euros. E um brasileiro pode ser afetado pela medida: Rodrigo Taddei, que disputou o Campeonato Italiano pelo Siena, corre o risco de não poder ser contratado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.