Roma retoma a arrancada para o título

A Roma começa neste domingo a segunda fase da arrancada para o terceiro título italiano de sua história. A líder da temporada de 2000/2001 testa a força do ataque (33 gols) e a resistência da defesa (13 contra) na visita ao Bologna, no clássico marcado para o Estádio dall?Ara, região centro-norte do país. Os romanos estão com 39 pontos, são "campeões do inverno" e têm 17 rodadas para confirmar supremacia que não conseguem desde 1983, quando Falcão ainda comandava o meio-de-campo e a dupla Conti-Pruzzo infernizava as zagas rivais.A vitória de virada por 2 a 1 sobre o Parma, na semana passada, serviu para mostrar a eficiência da equipe dirigida por Fabio Capello e também consolidou a recuperação de Gabriel Batistuta. O "matador" argentino não tinha acertado o ritmo, desde o início do ano e por causa de contusão. Mas os gols que marcou no Estádio Tardini lhe devolveram a confiança e o deixaram na liderança da artilharia - 13, até agora, embora com a companhia do ucraniano Shevchenko, do Milan.O entusiasmo da Roma é grande, mas o equilíbrio será colocado à prova depois de uma semana tensa. Primeiro por causa dos passaportes. Os brasileiros Cafu, Antonio Carlos e Aldair estariam com seus nomes incluídos na lista de atletas com documentação sem valor.Além disso, Capello corre risco de responder a processo por calúnia e difamação, se a Lazio levar adiante a ameaça que fez na sexta-feira. A família Cragnotti, que controla o outro clube romano, ficou indignada com as afirmações de Capello, segundo as quais preferia ver a Roma sem um título, em vez de conquistá-lo com jogadores em situação irregular. A frase foi tomada como ironia contra a Lazio, atual campeã italiana e que teve problemas para justificar o passaporte do argentino Verón. Cragnotti diz que vai pedir R$ 64 milhões por perdas e danos. E ontem ficou mais decepcionado, com o empate de 0 a 0 com a Atalanta, em casa. A Lazio é vice-líder, com 34 pontos, mas pode ser superada neste domingo pela Juventus, 33, que recebe o Napoli (17).Capello fugiu da polêmica, mas dinheiro não é problema, já que no sábado renovou contrato por dois anos, para receber US$ 4 milhões por temporada. O que o preocupa é a ausência do capitão Totti, contundido. O Bologna, com 24 pontos, sonha com vaga para Copa da Uefa e a polícia de Bolonha arma esquema para evitar brigas.Outra partida atraente da 18ª rodada reúne Fiorentina e Parma, no Estádio Artemio Franchi, em Florença. No meio da semana, as equipes garantiram vaga para as finais da Copa Itália. O encontro deste domingo será uma prévia do que pode acontecer nos dias 11 de abril e 13 de junho, na disputa do título.O jogo dos desesperados será em Verona, onde o time local, antepenúltimo com 15 pontos, recebe o lanterna Bari (12). A rodada será completada por Brescia (17) x Udinese (25), Lecce (21) x Perugia (25) e Vicenza (16) x Milan (27). A Inter voltou a decepcionar, ao ficar no 1 a 1 com a penúltima colocada Reggina (14), no sábado à noite. O time milanês tem 25.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.