Roma tem seu maior desafio na Uefa

A Roma vai à Inglaterra tentar, na noite desta quinta-feira, virada histórica na Copa da Uefa. A líder do Campeonato Italiano enfrenta o Liverpool com a desvantagem de ter perdido em casa por 2 a 0, na semana passada. Se vencer pelo mesmo placar, provoca decisão por pênaltis. Se ganhar por mais de dois gols, tira a vaga dos britânicos e garante vaga nas quartas-de-final. O técnico Fabio Capello reconhece que a missão é quase impossível, mas aposta nos gols de Batistuta. O meia Totti, recuperado de contusão, enfim deve voltar.O Parma tem desafio teoricamente menos complicado. O segundo representante italiano nas oitavas-de-final perdeu para o PSV por 2 a 1, em Eindhoven, mas precisa vencer apenas por 1 a 0 seguir adiante. Se isso acontecer, o Parma será beneficiado pelo fato de ter marcado como visitante.A Internazionale teoricamente também tem boa possibilidade de passar de fase. No jogo do dia 15, o time de Milão empatou por 3 a 3 com o Alavés, na Espanha. Agora, se garante até com empate de 2 a 2. A Inter, porém, atravessa fase difícil e entrou em crise depois da derrota por 1 a 0 para o Napoli.Tranqüila mesmo é a situação do Rayo Vallecano, que goleou o Bordeaux por 4 a 1, como mandante, e pode perder até por dois gols de diferença. O Porto ganhou do Nantes por 3 a 1, no Estádio das Antas, e vai à França podendo perder por um gol. O Barcelona ganhou só de 1 a 0 do AEK, em Atenas, mas é favorito em casa. O Celta recebe o Stuttgart, em Vigo, depois de ter empatado por 0 a 0 na Alemanha. O Kaiserslautern recepciona o Slavia Praga também com 0 a 0 na ida. Os times visitantes se classificam com empate, desde que seja com gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.