Twitter/Roma
Twitter/Roma

Roma usa vídeos de anúncios de contratações para ajudar crianças desaparecidas

Clube fez parceria com o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas nos Estados Unidos e a Telefone Azul na Itália

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2019 | 10h34

A Roma está usando a sua reputação e a audiência nas redes sociais para ajudar na busca de crianças desaparecidas nos Estados Unidos e na Itália. O vídeo de anúncio de cada contratação do clube na recém-aberta janela de transferências incluirá a divulgação de fotos e detalhes de crianças que estão desaparecidas, disse o time italiano em um comunicado.

Tudo começou com a contratação do defensor Leonardo Spinazzola, da Juventus, no domingo e continuou nesta segunda-feira quando o meio-campista Amadou Diawara se juntou ao clube, vindo do Napoli, tendo assinado um contrato válido por cinco temporadas no momento em que disputa a Copa Africana de Nações por Guiné.

O time possui 1,78 milhão de seguidores em seu perfil no Twitter e 445 mil na sua conta em inglês. A nova campanha da Roma foi inspirada no videoclipe da música "Runaway Train", da banda Soul Asylum, que foi visto quase 120 milhões de vezes no YouTube.

A Roma explicou que está trabalhando em parceria com o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas nos Estados Unidos e a Telefone Azul na Itália. Eles fazem parte da Rede Global de Crianças Desaparecidas.

"Inicialmente, o clube lançará dois vídeos por anúncio do jogador através de suas contas nas redes sociais - uma com crianças italianas e uma apresentando adolescentes americanos", disse a Roma. "O clube está atualmente em conversações com uma instituição de caridade britânica sobre o fornecimento de informações e fotos de mais crianças atualmente desaparecidas na Europa."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.