Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Filippo Monteforte/AFP
Filippo Monteforte/AFP

Roma vence e vai às oitavas como 1ª da chave; Chelsea passa em segundo

Italianos venceram o Qarabag por 1 a 0, enquanto ingleses empataram em casa

Estadão Conteúdo

05 de dezembro de 2017 | 20h06

A Roma garantiu vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões nesta terça-feira. E, de quebra, ficou com a primeira colocação do Grupo C. Em casa, a equipe suou mais do que o esperado, mas derrotou o eliminado Qarabag por 1 a 0. Os italianos ainda foram beneficiados pelo empate por 1 a 1 entre Chelsea e Atlético de Madrid, em Londres.

+ PSG perde para o Bayern, mas avança como líder da chave

+ Barça bate Sporting e Juventus também vai às oitavas 

Os resultados levaram Roma e Chelsea a 11 pontos, mas o time italiano leva vantagem no confronto direto e, por isso, avança na liderança, com o Chelsea passando em segundo. Pior para o Atlético de Madrid, que terminou em terceiro, com sete, e vai à Liga Europa. O Qarabag fecha a classificação com dois pontos.

Em Roma, os donos da casa suaram bastante no primeiro tempo diante do Qarabag e foram para o intervalo com o duelo empatado em 0 a 0. O resultado era perigoso, porque um gol dos visitantes aliado a um do Atlético de Madrid eliminavam os italianos. O Chelsea, já classificado, apenas definiria em que posição avançava.

Logo no segundo tempo, um gol em cada partida movimentaram o grupo. Na Itália, aos sete minutos, Perotti fez linda tabela pela esquerda e tocou para Dzeko, que finalizou em cima de Sehic. Mas a sobra ficou justamente com Perotti, que cabeceou para a rede e deu à equipe o resultado necessário para garantir a vaga.

Praticamente ao mesmo tempo, o Atlético de Madrid chegou ao gol que o mantinha com esperanças. Aos 10 minutos, Saúl Ñíguez aproveitou assistência de Fernando Torres, após escanteio da direita, e deixou o Atlético na briga. Só que aos 29, Savic tocou contra o próprio gol após chute cruzado de Hazard e acabou com qualquer esperança espanhola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.