Ettore Ferrari
Ettore Ferrari

Roma vence o clássico com a Lazio e se aproxima da ponta

Já a Juventus bate o Empoli e dá sinais de evolução no Italiano

Estadão Conteúdo

08 Novembro 2015 | 14h21

A Roma venceu o conturbado clássico diante da Lazio neste domingo e se aproximou da liderança do Campeonato Italiano. Se a arbitragem foi confusa, o time de Rudi Garcia mostrou-se superior em boa parte do confronto e fez 2 a 0, no Estádio Olímpico, com gols de Dzeko e Gervinho.

O resultado levou a Roma a 26 pontos, somente um atrás da Inter de Milão, que lidera. As duas, no entanto, podem ser ultrapassadas pela Fiorentina, que ainda joga neste domingo. Já a Lazio decepciona neste início de temporada e ocupa somente a nona posição, com 18 pontos.

Neste domingo, foi a Roma que começou pressionando e conseguiu abrir o placar em um lance bastante controverso. Dzeko puxou contra-ataque pelo lado direito e, aparentemente um pouco fora da área, foi derrubado por Gentiletti. O árbitro deu pênalti, que o próprio atacante bósnio bateu firme para marcar.

Poucos minutos depois, Felipe Anderson tentou responder pela Lazio e acertou uma bomba no travessão. A Roma também parou na trave em chute de fora de Nainggolan. Mas foi só no segundo tempo que a equipe chegou ao segundo gol. Gervinho foi lançado em contra-ataque e tirou do goleiro para balançar a rede.

JUVENTUS VENCE

Quem também voltou a vencer neste domingo foi a Juventus. Depois de um péssimo início de temporada, a equipe vai dando sinais de evolução e, agora, venceu o Empoli mesmo fora de casa, por 3 a 1. O resultado a levou a 18 pontos, na sétima colocação. O Empoli é o 13.º, com 14.

Quem saiu na frente neste domingo, no entanto, foi justamente o time mandante. Aos 19 minutos, Maccarone arriscou de fora da área e venceu Buffon. O empate saiu aos 32, quando a zaga falhou, Gervinho tocou de cabeça para Khedira, que desviou para Mandzukic, sem jeito, marcar.

O gol embalou a Juventus, que buscou a virada ainda no primeiro tempo. Aos 38 minutos, Evra aproveitou escanteio da direita para tocar de cabeça para a rede. Já na etapa final, Dybala aproveitou erro clamoroso da arbitragem, que não marcou impedimento claro de Lichtsteiner, e marcou no rebote.

OUTROS RESULTADOS

Nas outras partidas já encerradas do dia pelo Italiano, destaque para o Sassuolo, que chegou à quinta posição ao derrotar o lanterna Carpi por 1 a 0, em casa. Também por 1 a 0, o Palermo venceu o Chievo. Já Frosinone e Genoa empataram em 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.