Romarinho admite culpa do Corinthians em eliminação precoce do Paulistão

Atacante marca três vezes na partida contra o Atlético de Sorocaba

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2014 | 19h09

SÃO PAULO - O atacante Romarinho, autor dos três na vitória do Corinthians sobre o Atlético Sorocaba deste domingo, admitiu que o Corinthians foi o próprio culpado pela eliminação no Campeonato Paulista. O jogador, embora não tenha se arrependido do que disse semana passada, falou pela primeira vez sobre sua polêmica declaração, de que o São Paulo tinha entregado o jogo contra o Ituano.

"A gente fica triste (pela declaração), mas não me arrependo, falei o que estava na minha cabeça, e na maioria das vezes eu falo besteira, não tem como voltar atrás. O culpado fomos nós mesmos, não foi ninguém", disse o atacante.

Romarinho foi o nome do jogo deste domingo. Pela primeira na carreira ele marcou três gols num jogo. No ano, ele já é o artilheiro do time na temporada, com oito gols. A marca já é melhor do que a de todo o ano passado, quando o atacante terminou a temporada com seis gols. "Estou feliz, e eu nem sou muito bom de cabeça, acho que num deles a bola bateu no meu ombro, eu estava dentro da pequena área, foi até fácil."

Nos vestiários do Pacaembu, Romarinho afirmou que o Corinthians precisa treinar muito nestas três semanas sem jogos oficiais para focar tudo no Campeonato Brasileiro. "Ficamos tristes com a eliminação, mas temos de pensar nas competições que vêm pela frente."

O Corinthians só volta a campo dia 20 de abril contra o Atlético Mineiro, em Minas, na estreia do Campeonato Brasileiro. Até lá, no entanto, Mano Menezes quer que o time jogue dois amistosos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.