Romário deve assinar filiação ao PSB nesta tarde

Enquanto ainda sonha com um breve retorno aos gramados, pelo América-RJ, Romário dá os primeiros passos na carreira política. Nesta tarde, ele se filiará ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). A assinatura da ficha de filiação será às 14 horas, no Rio de Janeiro, segundo o partido.

AE, Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 10h51

Nos últimos meses, Romário tem sido notícia devido a questões financeiras. Em agosto, a cobertura que ele tinha na Barra da Tijuca foi vendida por R$ 8,01 milhões, na segunda vez em que foi a leilão judicial.

Segundo o Tribunal de Justiça, vários credores se habilitaram para cobrar dívidas antigas, o que obrigará a Justiça a estabelecer prioridade na ordem de pagamento. Romário tem dívidas com o Fisco, IPTU, IPVA e condomínio.

Ele também foi condenado a indenizar um torcedor do Fluminense, que agrediu em 2003, e o ex-técnico Zagallo, em razão de polêmica caricatura na porta do banheiro do bar que pertencia ao jogador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRomáriopolíticaPSB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.