Romário e Edmundo preocupam Vasco

A presença dos atacantes Romário e Edmundo em campo, com a camisa do Fluminense no clássico de domingo, ainda desperta a atenção de jogadores, dirigentes e comissão técnica do Vasco. Em São Januário, é unânime a opinião de que os dois ainda fazem a diferença e podem decidir a partida em apenas um lance. Por isso, a ordem é não dar espaços para eles. "O currículo dos dois dispensa comentários. Há o respeito da minha parte e, acredito, de todos também. Não se pode cochilar um minutos com eles, sempre prontos para marcar", declarou o atacante Valdir. A diretoria do Vasco deve acertar ainda nesta sexta-feira a rescisão do contrato do atacante Alex Alves. O atleta não rendeu bem no clube, além de travar um constante duelo com a balança de peso. O técnico Geninho frisou que não vai se opor à decisão dos dirigentes. "Alguns problemas extra-campo afetaram o desempenho do atleta. Lamento e até sei que ele em forma poderia me ajudar muito", disse.

Agencia Estado,

26 Agosto 2004 | 19h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.