Romário em tom de despedida melancólica

Romário, 37 anos, um dos maiores craques da história do futebol, está próximo de encerrar a carreira melancolicamente. Quase não joga por causa de contusões, vai pouco ao Fluminense, por ter liberdade de treinar em seu condomínio, na Barra da Tijuca, ou com seu fisioterapeuta particular e consegue a proeza de ser punido pela Justiça Esportiva mesmo sem atuar ? não estava inscrito para o Fla-Flu de 17 de agosto, invadiu o campo e foi suspenso na semana passada por três partidas.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.