Romário falta a treino, mas garante presença no time titular

Baixinho não comparece ao treino da manhã, mas comanda treino da tarde e se escala como titular

03 de janeiro de 2008 | 19h06

Defeitos, Romário tem muitos, mas a falta de sinceridade não é um deles. Na manhã de quarta-feira, o Baixinho surpreendeu e bateu ponto em São Januário às 8h30, mas deixava claro que acordar cedo não será rotina na nova função de técnico. "Treino em dois períodos não significa que eu vá estar nos dois. Cheguei cedo porque era o primeiro dia e tinha combinado com a diretoria", disse Romário. Dito e feito, o treinador-jogador faltou à atividade física realizada pelo elenco do Vasco na manhã desta quinta-feira, no Bosque da Barra, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Os preparadores físicos Mauro Brito e Luiz Flávio comandaram os exercícios sob o olhar do auxiliar técnico Alfredo Sampaio, que previu uma boa relação com Romário na armação do time. "Ele é muito experiente. Iremos trocar idéias antes de tomarmos qualquer decisão. Um irá ajudar o outro", disse Sampaio. O Próprio Romário admitiu que deixará as funções táticas a cargo do auxiliar, reservando-se apenas o direito dar o aval. "A responsabilidade é minha, mas o Alfredo entende mais dessa área (a parte tática). A decisão final é minha", decretou o atacante. No treino da tarde, porém, Romário lá estava, comandando o primeiro coletivo do ano em São Januário. O time foi armado num improvisado 4-5-1. O centroavante: Romário, claro. A equipe formou com Roberto; Wagner Diniz, Luisão, Jorge Luís e Calisto; Jonílson, Thiaguinho, Beto, Leandro Bonfim e Morais; Romário. Jogadores que deverão ser titulares, como o goleiro Tiago, ex-Portuguesa, treinaram em separado, pois apresentaram-se mais tarde ou porque estão fora de forma. Outra novidade foi o retorno do lateral-esquerdo Diego, que estava emprestado ao Goiás. Em contrapartida, o apoiador Ernane, de 22 anos, foi cedido até o fim do ano ao Ipatinga, que subiu para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoCarioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.