Romário já admite continuar a carreira

Aos 39 anos e contrariando o que disse no início do ano, o artilheiro Romário admitiu hoje, pela primeira vez, continuar a carreira após o término do Campeonato Carioca. O jogador, que havia marcado a aposentadoria para o término da competição estadual, destacou estar se sentindo bem técnica e fisicamente, além de feliz com a acolhida recebida no Vasco. "Existe a possibilidade de jogar um pouco mais além do Carioca. O que me motiva é que não esperava o Vasco ter um time tão competitivo, ser bem recebido pela torcida, diretoria, e sem babaquice pelos companheiros", falou Romário, que é vice-artilheiro do Carioca, com quatro gols, dois atrás do líder Sorato, do Madureira. "Se eu continuar bem, não vejo motivo para parar." Além do bom ambiente encontrado no Vasco, Romário ainda se mostrou surpreso por ter achado um "parceiro quase ideal", já no término da carreira: o atacante Alex Dias. Para atuar nas Eliminatórias à Primeira Copa do Mundo, até domingo, na Praia do Leme, o artilheiro fez um acordo com o time carioca. A previsão é a de que atue na estréia do Brasil, amanhã, contra os Estados Unidos. E, quarta-feira, jogue pelo Vasco. Hoje, Romário realizou o único treino com os companheiros de seleção, que há doze dias estão se preparando para as Eliminatórias. O jogador chegou com 25 minutos de atraso, no momento exato em que os coletes estavam sendo distribuídos. Entrou no time titular e ainda marcou um belo gol. "Aqui é diferente porque não estou acostumado mas, como jogo ao lado dos melhores do mundo, fica mais fácil", frisou Romário. "E tenho a consciência de que na areia a minha parte física e técnica é inferior a do pessoal."

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2005 | 19h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.