Romário joga graças a contusão de Tiuí

O status conquistado por Romário ao longo da carreira parece não seduzir o técnico do Fluminense, Alexandre Gama. O artilheiro somente foi relacionado para o jogo contra o Goiás neste sábado, às 18 horas, no Maracanã, porque Rodrigo Tiuí, revelado nas categorias de base do clube, se machucou. Mesmo assim, ainda há dúvidas sobre a titularidade de Romário por causa de suas críticas, na quinta-feira, contra o técnico Alexandre Gama. ?O Gama está falando muita besteira. Não ganhou nada ainda e tem que falar menos e trabalhar mais. Ele é obrigado a me respeitar?, dissera Romário, irritado após saber que o treinador tricolor acredita que Ronaldo se tornará até o fim da carreira o melhor jogador brasileiro desde a conquista do tricampeonato, em 1970. A opinião de Gama contrariou o craque, que se intitulou recentemente o melhor após os tempos de Pelé. Quem confirmou a rejeição do treinador em escalar o atacante tricolor foi o diretor de futebol do Fluminense, Francisco Vasconcelos. ?Ele somente foi relacionado para o jogo contra o Goiás porque o Tiuí se machucou?, declarou o dirigente, que acredita na escalação de Romário como titular. ?Se ele vai se concentrar, é porque tem boas chances de jogar?. Pesa a favor do artilheiro o fato de Alexandre Gama não ter tantas opções para escalar o ataque tricolor, já que Rodrigo Tiuí e Edmundo estão contundidos. O treinador tem a sua disposição apenas Alessandro e Fábio Bala.Na manhã desta sexta, Gama e alguns membros da diretoria do Fluminense se reuniram com Romário por 30 minutos no vestiário das Laranjeiras. Naquele momento, decidiu-se pela não utilização do artilheiro. Mesmo assim, Romário treinou. Como Rodrigo Tiuí se machucou no coletivo, o atacante tricolor passou a ser opção. Gama, assim como Romário, deixou as Laranjeiras sem conversar com os jornalistas. O treinador não quis confirmar a escalação da equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.