Romário marca três gols na goleada do Vasco por 6 a 1

Romário brilhou neste domingo na goleada do Vasco sobre o Volta Redonda, por 6 a 1, à tarde, em São Januário. Entrou no segundo tempo, se deparou com um adversário batido, que já perdia por 3 a 0, e não perdoou: fez três gols. Agora, faltam dez para ele atingir o milésimo gol na carreira, segundo as contas do atacante. Com a expressiva vitória, o Vasco praticamente garantiu classificação para a fase decisiva da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). No sábado de Carnaval, a equipe cruzmaltina enfrentará o Fluminense, já eliminado, no Maracanã, pela última rodada da Taça Guanabara. O Volta Redonda começou a partida ditando seu ritmo. Deu impressão até que poderia complicar a vida do adversário. Ledo engano. O Vasco soube se defender e usou bastante os contra-ataques, explorando a velocidade do meia Abedi, a criatividade do argentino Conca e o oportunismo do atacante Leandro Amaral. Aos 21 minutos do primeiro tempo, Leandro Amaral ganhou na corrida dos zagueiros do Volta Redonda, driblou o goleiro Lazáro e fez 1 a 0. Até o intervalo, o Volta Redonda teve mais a posse de bola, mas o Vasco foi mais perigoso. A equipe vascaína dominou a etapa final com um futebol envolvente. Leandro Amaral, artilheiro isolado do Carioca com 4 gols, ampliou. André Dias fez o terceiro. O Volta Redonda ficou desnorteado. Romário, então, tratou de enterrar o adversário. Fez dois de cabeça e outro completando bom passe de Leandro. Amaral descontou. Já era tarde demais. Ficha técnica:Vasco 6 x 1 Volta RedondaVasco - Cássio; Thiago Maciel, Fábio Braz, Jorge Luis e Diego; Amaral (Renato), Ives, Abedi e Conca (Mádson); André Dias (Romário) e Leandro Amaral. Técnico: Renato Gaúcho. Volta Redonda - Lazaro; Júlio Cezar, Ailson, Alemão e Hamilton; Léo, Cadu (Gláuber), Adriano Felício (Welton) e Sérgio Manoel; Amaral e Fábio. Técnico: Moreno. Gols - Leandro Amaral, aos 20 minutos do primeiro tempo; Leandro Amaral, aos 4; André Dias, aos 17; Romário, aos 24 e aos 30; Amaral, aos 32; Romário, aos 34 minutos do segundo tempo. Juiz - Péricles Bassols Pegado Cortez. Cartão amarelo - Júlio Cezar, André Dias, Thiago Maciel e Amaral. Público e Renda - não disponíveis. Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.