Romário não treina, mas deve jogar

O Vasco não vence há cinco jogos, está a dois pontos da zona de rebaixamento e neste sábado enfrenta o Goiás, vice-líder do Brasileiro, às 18h10, no Estádio Serra Dourada. Um desafio nada fácil para quem tenta fugir de uma situação incômoda no campeonato. ?É uma equipe forte, com bons jogadores, com bom treinador e que, em casa, costuma não perder?, declarou o técnico Renato Gaúcho, que, apesar de atribuir o favoritismo ao Goiás, confia na capacidade de superação do elenco do Vasco. Em um momento de crise, Renato Gaúcho classificou como importante sua presença no banco de reservas na partida deste sábado ? ele havia sido suspenso por 30 dias por ter sido expulso no clássico contra o Botafogo, em São Januário, mas foi liberado na quinta-feira pela justiça esportiva. ?Os jogadores ficam mais seguros quando me vêem em campo?, admitiu o treinador. Romário faltou ao treino pela manhã, mas, segundo Renato Gaúcho, ele não desfalcará o Vasco. A delegação viajou na tarde desta sexta para Goiânia, mas o atacante só deve seguir na manhã deste sábado.Fora de casa, Renato Gaúcho tem armado o Vasco na retranca, mas desta vez abriu mão da cautela. Escalou a equipe com dois homens de criação, Róbson Luiz e Morais, e dois volantes, Ygor e Osmar. Enquanto que, na frente, jogam Romário e Alex Dias.Róbson Luiz e Ygor, por sinal, entraram na vaga de Abedi e Amaral, ambos suspensos.

Agencia Estado,

07 de outubro de 2005 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.