Romário no Flu causa protesto no Fla

Foi com indignação que os conselheiros e dirigentes do Flamengo tomaram conhecimento do acordo de Romário com o Fluminense. Reunidos nesta quinta-feira na Gávea, em assembléia, a maioria criticou o jogador com declarações fortes e ofensivas. Romário foi chamado de traidor. Um pequeno grupo, porém, até que gostou do fim da ?novela? Romário. Fazem parte dessa parcela os que jamais perdoaram o jogador por ter atuado no Vasco. Agora, o Flamengo vai dar continuidade na Justiça à luta para reduzir a quantia que Romário cobra do clube - o craque pede R$ 18 milhões. Para os dirigentes do clube, o acerto com o Fluminense vai atrapalhar a negociação com Romário sobre o pagamento e parcelamento da dívida.

Agencia Estado,

01 Agosto 2002 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.