Marcos Oliveira/Agência Senado
Marcos Oliveira/Agência Senado

Romário pede a Del Nero para se 'afastar definitivamente da CBF'

Durante audiência pública na CPI do Futebol, em que é ouvido o presidente licenciado da CBF, Marco Polo del Nero, o senador Romário pediu publicamente o afastamento do presidente da entidade, nesta quarta-feira.

ISABELA BONFIM, O Estado de S. Paulo

16 de dezembro de 2015 | 17h10

"Gostaria de fazer um pedido público para que o senhor se retirasse definitivamente da CBF, para que possamos ter uma CBF séria, não corrupta e que possa ajudar a CBF e a seleção brasileira", afirmou o ex-jogador e agora senador (PSB/RJ).

Após uma série de perguntas que deixaram Del Nero em uma saia justa, Romário disse perceber que ele não tinha muita noção do que se passava por dentro da CBF. E declarou: "O senhor é uma pessoa muito mal vista no futebol. É para mim uma das pessoas que mais fazem mal ao futebol brasileiro e internacional."

Romário afirmou ainda que Del Nero, assim como os dois últimos presidentes da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira e José Maria Marin, são um "câncer do nosso futebol", responsáveis pelo "momento ridículo" pelo qual o futebol brasileiro está passando. Depois, o senador abriu a audiência para perguntas dos demais senadores da CPI.

Del Nero se afastou temporariamente do comando da CBF no início do mês após ser indiciado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Ele é suspeito de corrupção por supostamente receber propinas em contratos comerciais envolvendo a CBF.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.